As ideologias do Comunismo e do Liberalismo tendem ao Anarquismo

Em uma análise macro, desconsiderando os movimentos políticos de cada ideologia, o socialismo tenta alcançar o comunismo superior, assim como o capitalismo busca o liberalismo, e o anarquismo é o encontro final de ambas as ambições. Pense bem, a idéia parece absurda inicialmente, mas os ideais básicos de cada uma dessas ideologias são:

Socialismo: Regulacionismo governamental evolutivo até o ponto em que: “de cada um segundo as suas habilidades, para cada um segundo as suas necessidades”, frase que representa o comunismo superior, o qual não foi alcançado segundo os comunistas pelo fato de a humanidade ainda não estar pronta para valorizar o trabalho acima do sentimento de competitividade.

Capitalismo: Desregulacionismo governamental evolutivo até que se alcance o liberalismo “Laissez faire, Laissez aller, laissez passer” (deixai fazer, deixai ir e deixar passar). As críticas dos liberais são exatamente as mesmas dos comunistas, infelizmente a população ainda não valoriza o trabalho o suficiente para deixar de aproveitar dos aparelhamentos do governo.

Se analisadas as ideologias, o resultado final de ambas depende invariavelmente de um aprimoramento de consciência da sociedade onde não haveria necessidade de regulamentação, que pode ser expressa pelo anarquismo.

O fato é que a humanidade, em especial no Brasil, não está preparada para nenhuma dessas duas ideologias hoje. A ganância dos governantes corruptos impede a busca do comunismo superior e a ganância dos capitalistas torna o liberalismo hoje não sustentável.

O que posso concluir, é que a regulamentação e a desregulamentação precisam hoje encontrar um equilíbrio. Nas mãos de corruptos, muita e pouca regulamentação tendem ao mesmo fim, que é a tirania. Enquanto ambos os lados buscarem suas ideologias quando de fato escondem suas imoralidades, não teremos nem um e nem outro. Pensemos em combater a corrupção pacificamente dentro dos partidos primeiro, para depois pensarmos em salvar o país e a humanidade. O que me dá mais medo é um golpe de Estado de qualquer lado depois da decisão do senado sobre o impeachment. A República está em primeiro lugar!

 

Mestre em Economia e Doutorando em Administração pela California International Business University. Atuou no mercado de capitais e derivativos entre 2004 e 2011 e como consultor nas áreas de Controladoria e Finanças do software de gestão SAP desde 2011 nas empresas: Applied Materials, Costco Wholesale, Anglo Gold Ashanti, Grupo Ferroeste, Tambasa, Usiminas, Eletropaulo, Celpa, Cemar, BRF, Leroy Merlin e Viapol. Curta a página MAM Economia no Facebook clicando na respectiva figura no menu direito da tela.

2 comentários

  1. Como dizia Locke, a tirania de um estado é a única razão para o ser humano retornar a seu estado de natureza, ambas as ideologias, seja socialista (atual e único exemplo que temos de socialismo) ou capitalista estão fadados ao desgaste e particularmente o capitalismo que consome em excesso nossos recursos, me pergunto se o estado de natureza ou anarquia possa ser somente um estado de transição, afinal para que haja ordem, primeiro precisamos do caos, por um mundo não mais baseado no materialismo.
    Satisfação total pelo blog primo, espero aprimorar meu conhecimento político/economico para demais comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *